terça-feira, 12 de maio de 2015

A volta da falta

Não quero alguém que me entenda.
Quero quem me sinta
E exploda pelo mundo
Como eu
Em silêncio
E cujos pedaços sejam encontrados
Em cada esquina
Na manhã seguinte.

Um comentário:

Gustavo Schmitt disse...

Você não é somente uma linda mulher e ótima poetisa, na verdade Luísa e Arte se confundem em meio a um turbilhão de emoções e feminilidade. Você é poesia!
Bj. Gustavo H.S.