sábado, 18 de abril de 2015

Segue em suspenso
o sopro
de vida que eu via.

Segue em suspenso
e some a sensação
que tinha

de sólido,
segue em suspenso
e desafia,

segue em suspenso
sofrer...sofreu... sofria.

em sus
            -
              penso
o que desalinha

Segue.

suspira -
             respira -

Agonismo.

A sorte de um amor-tranquilo
A morte de um amor-abismo.

Nenhum comentário: