segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Sinceramente...

Trago comigo um trago
e uma garrafa de vinho,
uma rotina, várias escolhas
empacadas,
aquela falta de carinho,
carro,
cama de casal,
casa própria.
Trago comigo um caminho
torto
e a vontade de não ficar sóbria.

Um comentário:

Bruno Batiston disse...

Só beber. Mas escolhe bem a bebida, o bebido. Tem coisa que não merece entrar na gente, não. Tem gente. :)

(Saudad'ocê.)