segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Por. Conta. De.

À distancia de um ponto
Acende
A beleza do encontro
Apaga
A incerteza do corpo

3 comentários:

Andrei Meurer disse...

amadureceu de um tanto que me causa espasmos

.artur disse...

isso me soa muito lenine

Leo Curcino disse...

fiquei esperando a continuação.

a palavra "amarga", em itálico, me veio em mente quando o poema terminou.